25 maio, 2006

por um viver mais absurdo....

Desejo obsessivamente o poder de me multiplicar, t[s]er uns vários de mim mesmo, todos com consciências independentes, reversíveis para sobreposição de consciencia coletiva.
Um trabalharia pra sustentar a turma (dando aulas), outro ficaria para ajudar minha mãe, outro pra fazer o baby-sitting do meu sobrinho fofofofofofo, outro pra visitar amigos em São Paulo e onde quer que eles estejam, outro pra fazer limpeza do ap. e compras de supermercado, outro pra redecorar meu espaço, outro pra procurar trabalhos e bicos em geral, outro pra vender meus trabalhos, outro para compor e tocar peças musicais experimentais e digitais, outro pra agenciar esse músico temperamental, outro pra fugir da febre da copa, outro pra namorar, outro pra trair, outro pra ser webmaster, outro pra ser chef de cousine new fusion, outro pra assistir TV à cabo, atender telefone, responder emails e blogar, ...
eu mesmo, em si, ficaria apenas com as ternas atividades do fazer artístico, de dormir, e de sonhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!